Atenção a todos motociclistas vale a leitura, recado do Esquadrão do Fogo.outubro 23, 2009


Prezado(a)s Motociclistase Triciclistas…

Considerando o que ora ocorre com componentes de Moto Clubes nas estradas do Rio de Janeiro, principalmente nas Rodovias Federais,onde vidas são ceifadas violentamente e considerando ainda que todas as medidas à serem solicitadas pelas entidades representativas da categoria(FMCRJ/AMO/Etc..) aos órgãos competentes, terão soluções, no mínimo, à médio prazo, o ESQUADRÃO DO FOGO vem publicamente propor aos co-irmãos que, sejam adotadas algumas medidas de segurança que objetivem a DIMINUIÇÃO dos ataques à companheiros motociclistas.

DOS FATOS:
– Nos 03(três) casos recentes de ataques a motociclistas, inclua-se aí um componente do Nephillins MC, o qual, Graças ao bom Deus, saiu incólume da abordagem CRIMINOSA COVARDE, todos, sem exceção estavam em número igual ou inferior a 05(cinco) motocicletas; e
– Todos os motociclistas abordados, tinham no pequeno grupo algum tipo de motocicleta de alto valor de mercado e de boa potência.

DA PROPOSTA:
– Que a partir desta data, todos os deslocamentos para quaisquer que sejam os eventos que tenham como destino as Rodovias Federais, Avenida Brasil, Linha Vermelha, Linha Amarela ou seja, que se necessite a passagem por vias e áreas de risco que seja formado COMBOIO DE PROTEÇÃO de, no mínimo 20(vinte) motociclistas; o que não é difícil de ser realizado, haja vista a grande quantidade de amigos que se encontram nos diversos eventos.
– Podemos elencar alguns Pontos de Encontro(PE) para a realização e formação dos Comboios…
– Para Eventos que seja necessário a travessia da Ponte Rio-Niterói: POSTO BRACARENSE(PÇA DA BANDEIRA);
– Para Eventos que seja necessário acessar à Rodovia Presidente Dutra: Casa do Alemão.
– Para Eventos que seja necessário acessar à Rodovia Washington Luiz: Casa do Alemão.
Obs. Orienta-se que para esses deslocamentos os companheiros sigam em grupos.
– Para eventos noturnos,seja onde forem: O MC ou MG mais conhecedor do acesso elabora o PE(Ponto de Encontro) e comunica, via MENSAGEM ou DEPOIMENTOS.

QUANTO AO REGRESSO DE EVENTOS:
Dos fatos:
– É muito comum, quando do regresso de Eventos, motociclistas procederem o retorno completamente sozinhos.
– Quando não ocorre o fato acima, retornam em pequenos grupos;
– Infelizmente, não podemos descartar a possibilidade da infiltração de pessoas que passam aos marginais da lei os roteiros e os tipos de motos que estão procedendo o retorno em pequenos grupos;e
– Não podemos descartar ainda que a Internet, através de sites voltados para o motociclismo, facilita o acesso aos marginais,quanto aos deslocamentos e locais de Eventos.
Da Proposta:
– Que, de agora em diante, objetivando a diminuição de ações criminosas, todo o regresso de eventos sejam também efetuados em número não inferior a 20(vinte) motos e trikes. Para tanto, basta que no próprio local do evento, seja efetuada simples reunião e combinado o Ponto de Encontro e horário de regresso.

– REFLITAM: A UNIÃO FORTALECE! É MAIS FÁCIL ATACAR 05 DO QUE 20, POIS NÃO SE SABE A REAÇÃO DO GRUPO E A BANDIDAGEM NÃO GOSTA DE RISCOS! TANTO QUE, QUANDO SENTEM O PERIGO FOGEM,COMO RATOS, SEM LEVAR O PRODUTO OBJETO DO ROUBO!
OBS. VAMOS JUNTOS…VOLTAMOS JUNTOS E MAIS FORTES!

Deixe o seu comentário

COMENTAR

Powered by Facebook Comments

Leave a Reply